.
Entrar | Contactos | Dicionário | FLiP.pt | LegiX.pt | Blogue | Loja

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Últimas sobre o Acordo Ortográfico #5


A presidente brasileira Dilma Rousseff assinou hoje o decreto que adia por três anos a obrigatoriedade do Acordo Ortográfico de 1990 no Brasil. A nova ortografia, que seria obrigatória já a partir do próximo mês, mantém-se opcional até 2016. Este adiamento foi proposto pela Comissão de Educação do Senado brasileiro, após ouvir “professores e linguistas” e por recomendação do Ministério das Relações Exteriores.

Entretanto, e talvez já com o intuito de colmatar algumas falhas apontadas no Brasil, chega a indicação de que a Academia Brasileira de Letras tem novas propostas de alteração ao Acordo Ortográfico.

Em Portugal, onde o período de transição para a nova ortografia decorre até 2015, o Partido Comunista  Português acaba de propor a criação de um grupo de trabalho na Assembleia da República para acompanhar o processo de implementação do Acordo Ortográfico. 

Já a Academia das Ciências de Lisboa, órgão consultivo do governo português em matéria linguística, não se pronunciou sobre o assunto. Talvez porque tenha estado atarefada na publicação do seu Vocabulário Ortográfico Atualizado da Língua Portuguesa, previsto para 2009 mas só agora editado pela Imprensa Nacional Casa da Moeda (e estranhamente ausente do radar noticioso português).


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

As palavras que o FLiP nunca dirá #4

Mas corrigirá (numa próxima actualização):

Texto disponível no site da JSD de Santarém, consultado em 11-12-2012. 

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O FLiP tem estômago

O FLiP, pacote de ferramentas de revisão e auxílio à escrita em português da Priberam, tem estômago para erros. Até para os erros que se encontram nos anúncios que surgem na página do Dicionário Priberam:

(imagem captada em 31-10-2012)

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Priberam na World Publishing Expo 2012


De 29 a 31 de Outubro, a Priberam estará presente na World Publishing Expo 2012 (IFRA Expo & Conference), exposição anual de tecnologia promovida pela World Association of Newspapers and News Publishers. Trata-se da principal exposição na área da tecnologia direccionada para a publicação de notícias e conteúdos, sobretudo online e em dispositivos móveis, como smartphones e tablets

Neste evento, onde são esperados mais de 8000 visitantes de mais de 90 países, a Priberam apresenta produtos baseados no processamento computacional da língua. Entre eles, incluem-se ferramentas de correcção, verificadores de estilo, motores de classificação automática de notícias e extracção de informação a partir de texto, ferramentas de extracção de opinião, motores de busca, tecnologias de sumarização e aplicações personalizadas de notícias para dispositivos móveis. 

Mais informações aqui.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Manuel António Pina (1943-2012)

Calou-se o poeta que precisava muito de solidão e para quem os gatos eram também família.



Calo-me

Calo-me quando escrevo
assim as palavras falam mais alto e mais baixo
Nada no poema é impossível e tudo é possível
mas não arranjo maneira de entrar no poema
e de sair de mim e por isso a minha voz é profunda e rouca
e por isso me calo ( e como me calarei?)
no entanto ninguém é tão falador como eu
nem há palavras que não cheguem para não dizer nada.

e vós também: não me faleis de nada ou falai-me
porque não sabeis o que dizeis

in Todas as palavras - poesia reunida (Lisboa, Assírio & Alvim, 2001)



quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Priberâmicos anónimos



Priberam: Grupo, este é o nosso novo membro, Marco.

Marco (via Twitter):

Priberam e restantes membros do grupo: Olá Marco!

Priberam: Estamos aqui reunidos porque, em maior ou menor grau, somos dependentes do Dicionário Priberam. Dependemos dele para esclarecer dúvidas de natureza ortográfica, etimológica, semântica ou sintáctica:


Priberam: Sabemos que esta dependência pode interferir com a forma como escrevemos e falamos, mas temos de aprender a viver com ela. Mesmo que às vezes possa parecer estranho:


Priberam: Agora unamos as mentes para a nossa oração da serenidade:

Dicionários, concedei-nos a serenidade informativa necessária
para esclarecer as palavras e locuções que desconhecemos,
coragem para aprender aquelas que pudermos
e sabedoria para as usar devidamente.



sexta-feira, 12 de outubro de 2012

“Momento aha” da Priberam


O Merriam-Webster's Collegiate Dictionary, dicionário norte-americano de língua inglesa, revelou há algum tempo uma lista com os novos vocábulos incluídos no dicionário. Entre as inclusões mais recentes encontra-se a expressão nominal aha moment [= momento aha], que designa um momento de percepção, inspiração, descoberta ou compreensão súbita. A expressão é uma espécie de heureca moderna mas com menos impacto e tornou-se célebre graças à apresentadora Oprah Winfrey, que abaixo explica o seu significado:


Recentemente, e após o enésimo pedido para explicar o significado do nome Priberam, também nós tivemos o nosso “momento aha”: criámos o verbete Priberam no Dicionário Priberam! Pronto, é só isso.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Investigador da Priberam recebe Prémio Científico IBM

André Martins, investigador da Priberam e do Instituto Superior Técnico, recebeu ontem o Prémio Científico IBM 2011, pelo trabalho de doutoramento desenvolvido na área da aprendizagem automática, ao abrigo do programa internacional Carnegie Mellon | Portugal, de que a Priberam é um dos parceiros industriais.



Sobre este trabalho, intitulado “Turbo Parsers: Analisadores Sintácticos Estatísticos Baseados em Relaxações Lineares”, André Martins explica: “investiguei técnicas de aprendizagem estatística para modelizar a estrutura e a ambiguidade que existe na linguagem natural, com ênfase na sintaxe. Isto pode servir para melhorar módulos que existem no sistema de pesquisa. É muito importante, quando se quer extrair informação a partir de texto, conseguir perceber como é que as várias palavras interagem entre si no texto, pelo que é importante utilizar este tipo de algoritmos estatísticos para detectar essa estrutura. Conseguir fazer isto é ir mais ao encontro das necessidades de pesquisa que os utilizadores têm”.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Aniversário Priberam: 23 anos




A Priberam comemora hoje o seu 23.º aniversário! 

Estamos de parabéns por mais um ano de trabalho, mas sabemos que não estaríamos aqui se não fosse também pelos comentários, sugestões e críticas dos nossos clientes e admiradores, que contribuem para a actualização e melhoramento dos nossos produtos e serviços. 

Venham daí essas prolfaças! Para nós e para vocês!

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Agenda: Ano do Brasil em Portugal / Ano de Portugal no Brasil


Brasil e Portugal unem-se numa iniciativa cultural conjunta, a decorrer em simultâneo em ambos os países, que visa actualizar a imagem que cada país tem do outro. Na sequência de outras celebrações do Brasil com países ligados à sua história, a iniciativa promove um maior conhecimento entre os dois países e o estreitamento dos laços de intercâmbio já existentes.

O Ano do Brasil em Portugal / Ano de Portugal no Brasil começou no passado dia 7 de Setembro, dia da independência do Brasil, e prolonga-se até 10 de Junho de 2013, dia de Portugal. Durante esse período, estão previstos inúmeros eventos de divulgação nas áreas da cultura, ciência, tecnologia e economia. Os interessados podem consultar a programação de eventos portugueses no Brasil aqui e a programação de eventos brasileiros em Portugal aqui.

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

50 000 fãs = 50% de desconto




A Priberam celebra os 50 000 fãs da sua página no Facebook com uma promoção de 50% em todos os produtos da loja online: ferramentas FLiP de revisão e de auxílio à escrita para Windows, Mac (português europeu e português do Brasil) e LibreOffice (português europeu e português do Brasil); versão off-line do Dicionário Priberam (só para Windows); Corretor do FLiP para o Acordo Ortográfico e bases de dados jurídicas LegiX.

Para beneficiar do desconto, basta digitar o código promocional PRIBERAM50MIL após o checkout na loja Priberam.

A promoção é válida até dia 14 de Setembro.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Agenda: comemoração do centenário do nascimento de Jorge Amado



Hoje, a partir das 18h, a Fundação José Saramago comemora em Lisboa os 100 anos do nascimento do escritor baiano Jorge Amado (1912-2001) com um programa que inclui leituras encenadas de excertos de obras do autor, música, capoeira e uma exposição. 

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa comemora esta data com a inclusão do verbete amadiano.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

O bode “respiratório" também se deve ao novo Acordo Ortográfico?


Já dissemos aqui que uma das dificuldades da aplicação do Acordo Ortográfico de 1990 (AO) reside, em parte, no próprio texto legal, que não prevê soluções para muitos dos problemas que cria, pois é lacunar, ambíguo ou incoerente em alguns aspectos.

Se, num momento inicial, alguma polémica era alimentada pelo desconhecimento do texto legal, acresce a esse desconhecimento a tendência de ver o AO como bode expiatório para qualquer tipo de erro em língua portuguesa. 

Hoje, por exemplo, é noticiado no jornal português Diário de Notícias que uma apresentadora de televisão foi criticada pelos fãs, na sua página do Facebook, pelo seguinte comentário: "Não, não vou seguir o acordo ortográfico! Vou continuar a dizer, morto e não matado. Pago e não pagado".

Nem os escritores parecem escapar a esta tendência:


Com visibilidade pública ou sem ela, muitos são os escreventes e falantes de língua portuguesa que afirmam que determinado erro se deve  ao AO, quando tal não é o caso.

Apesar de errar ser humano, ninguém gosta que lhe apontem erros ortográficos (ou outros...), mas não será o AO uma desculpa demasiado fácil?

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Lisbon Machine Learning School 2012




Na próxima semana realiza-se a segunda edição da Lisbon Machine Learning School (LxMLS), escola de Verão intensiva que inclui aulas, laboratórios e palestras sobre aprendizagem automática.

A LxMLS 2012 conta com o patrocínio da Priberam e decorre de 19 a 25 de Julho, no Instituto Superior Técnico.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Priberam no top de referência da AppStore

Duas aplicações da Priberam ocupam os lugares cimeiros do top de referência de aplicações gratuitas para iPad, na AppStore:




No primeiro lugar está a recente aplicação do LegiX, que permite consultar no iPad informação jurídica (legislação, jurisprudência, doutrina nacional e europeia) actualizada diariamente.

No segundo lugar está a aplicação do Dicionário Priberam, que permite aceder, através do iPhone e do iPad, ao dicionário de língua portuguesa mais consultado na Internet, com ou sem as alterações gráficas previstas pelo Acordo Ortográfico de 1990, na variedade de português de Portugal ou do Brasil.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Línguas em risco de extinção

Cerca de metade das quase 7000 línguas do mundo podem desaparecer dentro de 100 anos, lê-se no “Endangered Languages Project”, um site que se propõe compilar e distribuir informação actualizada sobre as línguas em risco de extinção.

O Google acaba de lançar este projecto online em parceria com várias entidades que se dedicam ao estudo e à recolha de material (como artigos de investigação, manuscritos, amostras de texto, áudio ou vídeo) de línguas ameaçadas de extinção:


Nos últimos anos, a preocupação com o desaparecimento das línguas tem vindo a crescer. Em 2008, por exemplo, investigadores do projecto "Enduring Voices", criado pela National Geographic com igual intuito de documentar as línguas menos faladas ou ameaçadas de extinção, descobriram o koro, língua falada por uma tribo de uma região remota da Índia. 

Projectos desta natureza, que armazenam e disponibilizam ao grande público material linguístico de difícil acesso, são um passo importante no esforço para proteger a diversidade linguística do mundo, sobretudo quando se tem em conta que quase 80% da população mundial fala apenas 1% das línguas existentes.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Últimas sobre o Acordo Ortográfico #4

Moçambique tornou-se esta semana o sétimo país da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) a ratificar o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, na sequência do Brasil (2004), de Cabo Verde (2006), de São Tomé e Príncipe (2006), de Portugal (2008), de Timor-Leste (2009) e da Guiné-Bissau (2009).

Dos oito Estados-membros que compõem a CPLP, só Angola não ratificou o documento. Note-se que, segundo o Jornal de Angola Online, o ministro da Educação angolano reiterou a necessidade de haver correcções ao Acordo Ortográfico de 1990 para a sua aplicação no país.

A posição de Angola parece estar de certo modo salvaguardada na declaração final da VIIª conferência de ministros da Educação da CPLP, realizada em Luanda em finais de Março, que refere, no ponto 1, que “[a] aplicação do Acordo Ortográfico de 1990 no processo de ensino e aprendizagem revelou a existência de constrangimentos que podem, no futuro, dificultar a boa aplicação do Acordo”. No ponto 3, incumbe-se o Secretariado Técnico Permanente da CPLP de proceder ao diagnóstico de tais constrangimentos e a “[a]cções conducentes à apresentação de uma proposta de ajustamento do Acordo Ortográfico de Língua Portuguesa de 1990, na sequência da apresentação do referido diagnóstico”.

Adenda (22-06-2012):
Em comunicado de imprensa posterior à publicação do texto acima, o Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique veio esclarecer que Moçambique ainda não ratificou o Acordo Ortográfico e que as notícias difundidas se ficaram a dever a uma “imprecisão de linguagem". Afinal, no passado dia 7 de Junho, o Conselho de Ministros moçambicano aprovou apenas a proposta de resolução que valida o acordo, a qual deverá ser submetida à Assembleia da República, entidade a quem compete a sua ratificação. 

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Valha-nos Santo António!

Será que a aproximação do dia 13 deste mês, dia de Santo António, tem alguma coisa a ver com isto?


quinta-feira, 31 de maio de 2012

Agenda: Feira do livro do Porto 2012



Tem início hoje a 82.ª Feira do Livro do Porto, que decorre na Avenida dos Aliados até dia 17 de Junho.

O programa da feira, que inclui conferências, debates, apresentações e lançamentos de livros, para além de sessões de autógrafos e de esclarecimentos, pode ser consultado aqui.

Dica: o livro do dia e a Hora H (22h-23h, de segunda a quinta) permitem adquirir livros com descontos consideráveis.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

quinta-feira, 26 de abril de 2012

40 000 fãs = 40% de desconto


A Priberam celebra os 40 000 fãs da sua página no Facebook com uma promoção de 40% em todos os produtos da loja online: ferramentas FLiP de revisão e de auxílio à escrita para Windows, para Mac (português europeu e português do Brasil) e para LibreOffice (português europeu e português do Brasil); versão off-line do Dicionário Priberam; Corretor do FLiP para o Acordo Ortográfico e bases de dados jurídicas LegiX.

Para beneficiar desta promoção, basta digitar o código promocional PRIBERAM40MIL após o checkout na loja Priberam.

A promoção é válida até dia 6 de Maio.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Agenda: Feira do Livro de Lisboa 2012


A 82.ª Feira do Livro de Lisboa tem hoje início no Parque Eduardo VII e decorre até 13 de Maio.

O programa da feira, que inclui conferências, debates, apresentações e lançamentos de livros, para além de sessões de autógrafos e de esclarecimentos, pode ser consultado aqui.

Dica: o livro do dia e a Hora H (22h-23h, de segunda a quinta) permitem adquirir livros com descontos consideráveis.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Lusofonia é...

... descobrir, via Twitter, que as palavras do dia do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa galgam fronteiras linguísticas e chegam um pouco mais além:


terça-feira, 17 de abril de 2012

Lisbon Machine Learning School 2012


O prazo de candidatura para a escola internacional de Verão sobre aprendizagem automática, Lisbon Machine Learning School (LxMLS) 2012, foi alargado até 30 de Abril.

A Priberam, patrocinadora do LxMLS 2012, irá atribuir um número limitado de bolsas de inscrição. Os candidatos devem ser estudantes de mestrado de uma instituição de acolhimento portuguesa, desde que esta não disponha de fundos para cobrir a inscrição. Os interessados devem preencher o formulário de inscrição e enviar curriculum vitae e carta de motivação para lxmls-scholarships@priberam.pt até 30 de Abril.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Agenda: XVII Colóquio da Lusofonia

O XVII Colóquio da Lusofonia começa hoje em São Miguel, nos Açores, e decorre até dia 3 de Abril.

As sessões são abertas ao público e irão debater temas como lusofonia, literatura, ensino, formação, língua portuguesa no mundo e estudos de tradução, nomeadamente de e para português.

Mais informações, aqui.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Millôr Fernandes (1923-2012)

«Meu maior título de glória (quase ninguém sabe, você passa a ser dos poucos informados disso) é ter praticamente inventado a expressão paca, de curso, hoje, nacional. Está registrado no meu livro "Trinta anos de mim mesmo": publicado pela primeira vez no O Cruzeiro em 1957 (!). O Ziraldo me disse: "Essa não sai”. Saiu, e não aconteceu nada, porque pouca gente conhecia a palavra. Que, aliás, dizer a verdade, eu não inventei. Mas era, também, uma household word do meu grupo de meninos no Meyer. Tão usada que fazíamos variações (o cansaço traz, fatalmente, inovações linguísticas): paca, praca, páraca. Tudo maneira de eufemizar euforicamente o proibidíssimo, praticamente criminoso, na época: ”Pra caralho!” Hoje, com a permissividade, paca nem terá surgido: qualquer freira diz, sem ruborizar, a expressão-mãe.»

InUma carta com história[consultado em 29-03-2012]



«Ninguém perguntou mas eu respondo. Sobre a nova ortografia. Pô, no meu tempo de vida já passei por quatro reformas. Durante mais de dez anos combati (ou escrevi irresponsavelmente, vocês decidem) os famigerados "sinais diacríticos diferenciais". Já enchi. Língua é a falada. A língua escrita, ortográfica, procura, mal e mal, registrar isso. Serve pra normatizar, encinar os burocratas a escrever serto.»

InNova ortografia[consultado em 29-03-2012]

quarta-feira, 28 de março de 2012

Últimas sobre o Acordo Ortográfico #3

No âmbito da preparação da reunião de ministros da educação dos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que se realiza esta sexta-feira em Luanda, a agência noticiosa angolana ANGOP informa que Angola se declara favorável à utilização do acordo ortográfico mas que irá propor algumas rectificações.

No Brasil, o jornal O Globo refere as dissonâncias da língua a propósito de episódios recentes relativos ao Acordo Ortográfico em Portugal.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Antonio Tabucchi (1943-2012)

«Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.
[...]»
Tabacaria”, Álvaro de Campos


«Fernando Pessoa para mim era um desconhecido. E o título [da colecção de poemas de Álvaro de Campos que Tabucchi adquiriu em Paris] era “Tabacaria” [...] E o poema tocou-me tanto, impressionou-me tanto, que eu pensei, bom, caramba, se há uma pessoa no mundo que escreveu um poema assim, eu quero aprender essa língua.»

quinta-feira, 15 de março de 2012

Lisbon Machine Learning School 2012


Tal como aconteceu em 2011, a Priberam patrocina a segunda edição da Lisbon Machine Learning School (LxMLS), escola internacional de Verão sobre aprendizagem automática (“machine learning”, em inglês), que irá decorrer em Lisboa, no Instituto Superior Técnico, entre 19 e 25 de Julho.

Organizada conjuntamente pelo Instituto Superior Técnico, pelo Instituto de Telecomunicações e pelo Spoken Language Systems Lab - L2F do INESC-ID, a LxMLS 2012 irá debruçar-se sobre vários tópicos de aprendizagem automática, teóricos e práticos, importantes na resolução de problemas de processamento automático da língua inerentes à análise e ao uso de dados a partir da Web. Em particular, neste ano será dada especial atenção às aplicações relacionadas com redes sociais, como sejam a análise de sentimentos, a mineração de opiniões e a análise de grafos sociais.

A escola destina-se a estudantes, investigadores e profissionais das áreas de aprendizagem automática, linguística computacional, processamento automático da língua, com ou sem formação avançada nestas áreas. Da lista de oradores fazem parte investigadores de renome internacional.

O prazo de candidatura para os interessados em participar na LxMLS 2012 termina a 15 de Abril.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Outro garnisé cantaria

Não outro galo, mas outro garnisé cantaria se o corrector ortográfico do FLiP tivesse sido usado no seguinte texto de opinião, publicado hoje no jornal Diário de Notícias:

(InOs garnizés [sic]”, Diário de Notícias, consultado em 14-03-2012)

segunda-feira, 5 de março de 2012

Priberam Machine Learning Lunch Seminars




Priberam Machine Learning Lunch Seminar
Speaker: Ramon Astudillo (INESC-ID)
Venue: IST Alameda, Sala PA2 (Edifício de Pós-Graduação)
Date: Tuesday, March 6th, 2012
Time: 13:00
Lunch will be provided

Title: Integration of Fourier Domain Speech Enhancement and Automatic
Speech Recognition through Uncertainty Propagation

Abstract:
Speech enhancement techniques aim to recover the original clean signal
underlying corrupted speech. Such techniques typically operate in the
short-time Fourier transform (STFT) domain where phenomena like
additivity of background noises, interfering speakers and echoes are
easier to model. By contrast, automatic speech recognition (ASR), and in
general most speech-related machine learning applications, operate on
feature spaces that are non-linear transformations of the STFT. The
reason for this is that such spaces provide a more compact
representation of the acoustic space, the space of all acoustic
realizations for a given task, and thus lead to simpler models. This
talk discusses the integration of STFT speech enhancement and ASR using
the concept of uncertainty propagation and decoding. This will include
conventional speech enhancement in STFT domain, its associated
uncertainty and various closed-form solutions for propagation into
domains suitable for ASR.

quinta-feira, 1 de março de 2012

Dicionários por medida

Na nuvem das palavras mais consultadas no Dicionário Priberam, encontrava-se esta semana a palavra cigano:

(imagem captada em 28-02-2012)

Uma busca na Internet revela a razão para a palavra cigano ser tão consultada: de acordo com a notícia publicada na página da Procuradoria Geral da República Brasileira, o Ministério Público Federal de Minas Gerais apresentou queixa contra a Editora Objetiva e o Instituto Antônio Houaiss por considerar que o Dicionário Houaiss contém expressões pejorativas e preconceituosas relativas aos ciganos:

«[...] “Ao se ler em um dicionário, por sinal extremamente bem conceituado, que a nomenclatura [sic] cigano significa aquele que trapaceia, velhaco, entre outras coisas do gênero, ainda que se deixe expresso que é uma linguagem pejorativa, ou, ainda, que se trata de acepções carregadas de preconceito ou xenofobia, fica claro o caráter discriminatório assumido pela publicação”, diz o procurador.
[...] Para ele, o fato de as afirmações serem feitas por uma publicação, que, por sua própria natureza, encerra um sentido de verdade, agrava ainda mais a situação. “Ora, trata-se de um dicionário. As pessoas consultam-no para saber o significado de uma palavra. Ninguém duvida da veracidade do que ali encontra. Sequer questiona. Pelo contrário. Aquele sentido, extremamente pejorativo, será internalizado, levando à formação de uma postura interna pré-concebida [sic] em relação a uma etnia que deveria, por força de lei, ser respeitada”. [...]».

Como é possível que uma língua tenha palavras e acepções (como cigano, coninhas, fufa, galego, judeu, pretalhada ou rabeta) que podem insultar ou ofender? Deverá um dicionário registá-las?

Em resposta à última pergunta, a lexicografia actual assume que um dicionário deve seguir uma abordagem descritiva na selecção das palavras e na forma como as define, usando nomeadamente um conjunto de etiquetas ou sinais para assinalar níveis de língua (como linguagem informal ou calão) ou usos específicos (como expressões depreciativas ou insultuosas), não devendo o autor ou editor do dicionário impor a sua opinião sobre o uso da língua1.

Onde reside afinal o preconceito: nos falantes, que optam propositadamente por ofender com palavras, ou no dicionário, que descreve e indica o uso potencialmente ofensivo de determinados termos? Note-se que, como em muitos outros casos do género, o Dicionário Houaiss assinala as acepções que podem ser consideradas ofensivas com a indicação “pej.”, redução de “pejorativo”. O uso pejorativo é «[...] característico de palavras, expressões ou acepções que são (ou, na dependência do contexto, podem ser) grosseiras, ofensivas, ferinas ou preconceituosas [...]»2.

Ao alertar para termos e empregos preconceituosos, informais ou obscenos, muitas vezes desconhecidos dos falantes, seja porque pertencem a diferentes enquadramentos socioculturais, seja porque são falantes estrangeiros, os dicionários estão a alertar os consulentes para a possibilidade de usarem linguagem ofensiva ou de ferirem as susceptibilidades de outros falantes.

No entanto, nem sempre foi assim, como se pode comprovar consultando o verbete cigano num dicionário de língua portuguesa do início do século XX:

cigano,1 m. Aquelle que pertence á raça dos ciganos. Adj. Trapaceiro; ladino. M. pl. Povo errante e miserável, de procedencia indiana, que, fugindo á invasão mongólica, se distribuiu por todo o mundo, falando dialectos que são prácritos corrompidos, e empregando-se ora em enganar vendedores ou compradores de gados nas feiras, ora na pirataria, no acrobatismo, etc. (Al. zigeuner, russo tzigane).
(in Cândido de Figueiredo, Novo Dicionário da Língua Portuguesa, 1913, p. 444)

Um dicionário deve ser feito à medida de uma língua. E, do mesmo modo que não são os repórteres de guerra que fazem a guerra com as atrocidades, crimes e mortes que divulgam nas imagens que registam, não são os dicionários que fazem a língua, são os falantes, tenham eles a nacionalidade, etnia, religião, ideologia, opção sexual, idade ou o género que tiverem.

Como a Priberam já teve oportunidade de explicar, relativamente a galego e às locuções sexo forte e sexo fraco, a função de um dicionário passa por uma descrição dos usos da língua, devendo basear-se essencialmente em factos linguísticos e não estabelecer juízos de valor relativamente a eles, antes apresentá-los o mais objectivamente possível.

Este não é, na língua portuguesa ou em qualquer outra língua, um caso único, pois as línguas, enquanto sistemas de comunicação, veiculam também os preconceitos da cultura em que se inserem, como também refere o comunicado disponibilizado na página do Instituto Antônio Houaiss:

«[...] Nenhum dicionário deve ocultar empregos preconceituosos de palavras quando se vê diante deles. Registramos precisamente o que encontramos, tanto dentro do padrão culto da língua como no informal. Os dicionários não inventam palavras nem acepções. Nesse espelho em que nos constituímos refletem-se a realidade da língua e os sentimentos dos seus falantes, ora com sua beleza e simpatia, ora com sua crueldade, com seus sentimentos e atitudes desfavoráveis para com minorias etc. Ninguém supõe eliminar dos dicionários palavras como guerra, tortura, violência, pedofilia com fim de conter ou impedir que tais tormentos continuem a existir. Fazê-lo seria apenas varrer para debaixo do tapete o que nos envergonha, mas isso não serve de ação preventiva nem eliminadora do mal que tais conceitos e outros preconceitos acarretam. Que fazer nos dicionários em tais casos, então? Registrar a palavra ou a acepção e dizer claramente, quando é o caso, que ela é pejorativa e preconceituosa. É como fazem os dicionários modernos em todo o mundo.»


1 Piet Swanepoel “Dictionary typologies: A pragmatic approach” in Piet van Sterkenburg (ed.), A Practical Guide to Lexicography, John Benjamins Publishing Company, Amsterdam/Philadelphia, 2003, p. 65.
2 Ver o tópico “Nível de uso” da secção “Detalhamento do verbete” em “Conhecendo o dicionário”, na Ajuda do Dicionário Eletrônico da Língua Portuguesa, versão 1.0.5a.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Agenda: Pessoa na Gulbenkian


Tem amanhã início em Lisboa, na Fundação Calouste Gulbenkian, e decorre até 30 de Abril, uma exposição dedicada ao escritor português Fernando Pessoa.

Organizada pela Fundação Roberto Marinho e pelo Museu da Língua Portuguesa de São Paulo, onde foi inaugurada em Agosto de 2010, a exposição “Fernando Pessoa, Plural como o Universo”, celebra a vida e obra do escritor nas suas múltiplas escritas (de ortónimo e heterónimos) e assinala também a iniciativa Ano de Portugal no Brasil e Ano do Brasil em Portugal.

Com uma forte componente interactiva e através da apresentação de textos, fotografias, pinturas, vídeos, sons e objectos, os visitantes podem acompanhar o percurso de vida do escritor paralelamente ao da sua vasta e diversificada produção literária.

Em parceria com a Casa Fernando Pessoa, o programa de actividades educativas inclui visitas guiadas, jogos e oficinas de escrita e teatro.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Agenda: Festival Literário de Macau



Começa já no próximo domingo, e decorre até dia 4 de Fevereiro, a primeira edição do festival literário de Macau, The Script Road / Rota das Letras.

O evento, que pretende celebrar literatura, arte, música e cinema, reúne escritores e artistas provenientes da China, Macau, Hong Kong e de países de língua oficial portuguesa, como Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Portugal, entre outros.

Mais informações sobre o programa podem ser encontradas aqui e aqui.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Priberam Machine Learning Lunch Seminars





Priberam Machine Learning Lunch Seminar
Speaker: Miguel Almeida (IST/UTL and Aalto University, Finland)
Venue: IST Alameda, Sala PA2 (Edifício de Pós-Graduação)
Date: Tuesday, January 24th, 2012
Time: 13:00
Lunch will be provided

Title: SSS: Separation of Synchronous Sources

Abstract:

The problem of separating synchronous sources (SSS) is a case of blind
source separation (BSS) where independence of the sources is not
satisfied. In SSS, the sources are assumed to be complex-valued, and
different sources are phase-locked, which means that the relative
phase lag between two sources is not uniform in [0,2*pi[. For this
reason, the typical independent component analysis (ICA) tools are
theoretically not applicable, and experiments show that they perform
poorly in this task. In the SSS model, we assume that the phase lag
between any two sources is constant. The only important assumption
regarding the amplitudes of the sources is linear independence,
although some nice results can be proven if the amplitudes are
statistically independent.

In this talk, I'll start by briefly discussing ICA, since it is
relatively familiar in the Machine Learning community. I will then
formulate the problem of SSS and detail the similarities and
differences to the ICA problem. Afterwards, I will present two
algorithms that were developed to tackle this problem, along with some
nice theoretical properties of those algorithms. We will visit some
very simple optimization problems and a little bit of complex algebra.
Nothing complicated, I promise!

I will finalize by presenting some simulated results, on 1) data which
exactly follows the SSS model, and 2) data which deviates from the SSS
model.

--

Bio: Miguel Almeida is currently a joint PhD student at IST-UTL, Portugal, and at Aalto University (AU), Finland (formerly Helsinki University of Technology), under joint supervision of Prof. José Bioucas-Dias (IST), Prof. Ricardo Vigário (AU), and Prof. Erkki Oja (AU). He started his doctoral project in 2008 and spent the first two years of his PhD at AU. He has been at IST since 2010, and plans to finish his degree in the first semester of 2012.
His PhD topic revolves around the SSS problem, and fits under the
general topic of Machine Learning. More specifically, this project
involves considerable amounts of Signal Processing and Optimization.
Miguel holds an MSc in Physics and Technology Engineering (IST, 2006)
and an advanced post-graduate degree in Biophysics (FC-UL, 2007).

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Priberam Machine Learning Lunch Seminars (3.ª série)


A terceira série de seminários sobre aprendizagem automática (machine learning), patrocinados pela Priberam, tem início no próximo dia 10 de Janeiro.

O principal objectivo destes seminários é possibilitar um espaço de divulgação e de debate entre a academia e a indústria nas áreas científicas em que operam (aprendizagem automática, processamento de língua natural, robótica, etc.). Para além de contrariar a ideia de que os percursos das universidades e das empresas não se cruzam, esta iniciativa pretende ainda estreitar laços entre os diferentes grupos de investigação.

Os seminários decorrem quinzenalmente à terça-feira, às 13h, no campus da Alameda do Instituto Superior Técnico (edifício de pós-graduação, sala PA2), são gratuitos e abertos a todos os que queiram participar (não é necessária inscrição). Mais informação, aqui.

Os interessados em assistir ou em fazer uma apresentação podem subscrever a lista de contactos enviando um email para seminarios-mlpb-request@freelists.org com “Subscribe” no campo 'Assunto' ou visitando a página da lista em http://www.freelists.org/list/seminarios-mlpb. A discussão relativa à organização dos seminários e calendário das apresentações terá lugar na lista. Todas as sugestões são bem-vindas!

Como nas edições anteriores, os seminários disponibilizam uma refeição grátis servida aos participantes.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Números de 2011 (II) ou “O que terá acontecido ao amor?”

Ainda em balanços relativos a 2011, averiguou-se (sem recurso a votações...) quais as palavras mais consultadas no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa durante o ano passado. Os números, referentes ao período de 1 de Janeiro de 2011 a 31 de Dezembro de 2011, estão disponíveis nos gráficos abaixo.


Em mais de 220 milhões de consultas feitas ao longo do ano, verificou-se que a palavra mais consultada no Dicionário Priberam em 2011 foi nostalgia, com mais de 185 mil consultas. Será um reflexo da recente vaga de emigração (portuguesa e não só)? Ou será porque a UNESCO distinguiu o fado com o estatuto de património imaterial da humanidade?

A segunda palavra mais consultada foi amor, que alcançou o primeiro lugar em 2010, mas cujas buscas, no entanto, foram diminuindo ao longo deste ano. O que terá acontecido ao amor no segundo semestre de 2011?


Em terceiro lugar, surge a palavra escopo. O gráfico geral mostra ainda que o par mal / mau, frequentemente pronunciado no Brasil de modo semelhante, continua no topo das palavras mais consultadas no Dicionário Priberam.

Os números acima não mostram que no dia 21 de Setembro de 2011 foram feitas mais de 880 mil consultas, o maior número registado num só dia. Também não mostram que os erros ortográficos mais consistentemente pesquisados foram *excessão, *concerteza, *compania, *quizer e *buceta.

Números de 2011 (I)

Em 2011, o número de acessos aos sites da Priberam revela um aumento significativo relativamente ao ano anterior.

O site do FLiP (que inclui auxiliares de tradução, conjugador, corrector ortográfico e sintáctico, conversor para o Acordo Ortográfico, dúvidas linguísticas, gramática e vocabulário), regista uma subida discreta, com mais de 2,5 milhões de visitantes únicos e 4,9 milhões de visitas.

O aumento é sobretudo bem visível no site do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, com mais de 25 milhões de visitantes únicos e 66 milhões de visitas (mais 6 milhões do que em 2010!).

A lista dos 10 países que mais contribuíram com visitantes inclui, por ordem decrescente, Brasil, Portugal, Estados Unidos da América, Espanha, França, Reino Unido, Alemanha, Angola, Itália e Moçambique. Mas também chegaram visitantes oriundos de zonas tão distintas como Cidade do Vaticano, Fiji, Serra Leoa, Vanuatu, Iémen, Lesoto, Papua Nova Guiné, Djibuti, Turquemenistão, São Pedro e Miquelão, Togo ou Laos.

Na proveniência por cidades, regista-se uma hegemonia brasileira, entremeada pelas cidades portuguesas de Lisboa e Porto: São Paulo, Rio de Janeiro, Lisboa, Belo Horizonte, Brasília, Porto, Salvador... e outras cidades brasileiras até à posição 20!

Por fim, e como as novas tecnologias permitem aceder ao Dicionário Priberam através de dispositivos móveis, os sistemas mais usados foram iOS (iPhone, iPad, iPod Touch), Android e SymbianOS.





Priberam.pt
.