.
Entrar | Contactos | Dicionário | FLiP.pt | LegiX.pt | Blogue | Loja

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Números de 2010 (II)

Na continuação do balanço anterior, apresentamos agora as estatísticas em relação às buscas no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.

As palavras mais pesquisadas no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa encontram-se agrupadas por trimestre na tabela abaixo. São dados referentes ao período de 1 de Janeiro de 2010 a 30 de Dezembro 2010.


2010

Palavra

Pesquisas

Janeiro-Março

avatar

118796

homofóbico

47871

amor

47867

Abril-Junho

amor

51352

paradigma

43866

exce(p)ção

41735

Julho-Setembro

indubitavelmente

57983

amor

43960

exce(p)ção

41601

Outubro-Dezembro

amor

41172

exce(p)ção

40468

mau

35899



O ano de 2010 começou com muitas buscas pela palavra avatar, devido ao filme homónimo realizado por James Cameron, estreado em Portugal no início deste ano. Mas, como facilmente se verifica (e como aqui também já transparecia), a busca mais constante do ano foi por... amor! Esperamos que os utilizadores do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa o tenham encontrado; a todos aqueles que ainda não o encontraram, desejamos melhor sorte em 2011 :)

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Números de 2010 (I)

O ano de 2010 está a chegar ao fim e, como esta é geralmente uma altura de fazer balanços anuais, aqui ficam alguns números relativos aos acessos aos sites da Priberam.

Dado que o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa e as ferramentas gratuitas (como o corrector ortográfico e sintáctico ou o conversor para o Acordo Ortográfico) estão em domínios diferentes, seguem-se os principais indicadores para os dois sites, dados referentes ao período de 1 de Janeiro de 2010 a 27 de Dezembro 2010.


Domínio

Número de acessos

priberam.pt

(inclui Dicionário Priberam da Língua Portuguesa)

+ de 60 milhões
de visitas;

+ de 22,5 milhões de visitantes únicos

flip.pt

(inclui auxiliares de tradução, conjugador, corrector ortográfico e sintáctico, conversor para o Acordo Ortográfico, dúvidas linguísticas, gramática e vocabulário)

+ de 4 milhões de
visitas;

+ de 2,5 milhões de visitantes únicos



Embora tenha havido um crescimento em todos os indicadores em ambos os sites, no site do FLiP o crescimento foi bastante mais acentuado, ultrapassando em média os 30% relativamente ao ano de 2009. Este aumento deve-se em grande parte à procura de informação sobre o novo acordo ortográfico, já que logo após os correctores sintácticos e ortográficos gratuitos disponibilizados no site do FLiP, o vocabulário da Priberam foi a segunda secção do site mais procurada em 2010.



quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Com o contributo de todos

Em 2011, o Google, em nome dos seus clientes, vai doar 20 milhões de dólares a diversas organizações de solidariedade. O dinheiro será aplicado na construção de escolas, em cursos de estudo ambiental, na prevenção da sida ou em vacinas contra a poliomielite, por exemplo.

A doação do Google conta indirectamente com o contributo da Priberam e dos utilizadores dos seus serviços online, nomeadamente do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, que inclui anúncios do Google AdSense:



segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Lusofonia é...

... ver suprida a falta de informação sobre o estado actual da língua portuguesa em Macau com o suplemento especial “Português em Macau – Língua ao Alto”, do jornal macaense Hoje Macau. O suplemento, disponível online, é dedicado ao português, uma das línguas oficiais do território de Macau, e surge no 11.º aniversário do estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

"Somos o mundo, somos os linguistas"


Assim cantam os professores e alunos do Departamento de Linguística Teórica, do Research Institute for Linguistics, por ocasião do 20.º aniversário do departamento.

Aqui fica a letra, em inglês, desta nova versão de “We are the World”, da qual destacamos as partes mais... hum... poéticas:

There comes a time
When we heed a certain call,
When linguists must come together as one.
There are people speaking,
They bind and c-command;
It's grammar, the greatest gift of all.


We can't go on
Pretending day by day
That we know our language works in the brain.
We are all a part of
God's linguist family,
And the truth, you know, grammar's all we need.


We are the world,
We are the linguists,
We are the ones who make a brighter day
By making theories.
There's a choice we're making
By forming hypotheses
And we'll describe a language
Just you and me.

Send them a research group
So they'll know that someone cares
And their data will be thoroughly explored.
God has shown us
By turning stone to bread
That even a linguist must be fed.

We are the world,
We are the linguists,
We are the ones who make a brighter day
By making theories.
There's a choice we're making
By forming hypotheses
And we'll describe a language
Just you and me.

When you're criticized
There seems no hope at all,
But if you just believe
There's a usage-based approach.
Well, well, well, well, let us realize
That debates will always come
Even though we stand together as one.

We are the world,
We are the linguists,
We are the ones who make a brighter day
By making theories.
There's a choice we're making
By forming hypotheses
And we'll describe a language
Just you and me.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Priberam Machine Learning Lunch Seminars



Priberam Machine Learning Lunch Seminar
Speaker: Mário Figueiredo (IT)
Venue: IST Alameda, Sala PA2 (Edifício de Pós-Graduação)
Date: Tuesday, December 14th, 2010
Time: 13:00
Lunch will be provided

Title: Network Inference from Co-occurences

Abstract:

Inferring network structures is a central problem arising in numerous fields of science and technology, including communication systems, biology, sociology, and neuroscience. Unfortunately, it is often difficult, or impossible, to obtain data that directly reveal the underlying network structure, and so one must infer a network from incomplete data. In this talk, we will look at the problem of inferring network structure from ``co-occurrence" observations.
These observations identify which network components (e.g., switches and
routers, in a communications network, or genes, in a gene regulatory network) co-occur in a path, but do not indicate the order in which they occur in that path. Without order information, the number of networks that are consistent with the data grows exponentially with the size of the network (i.e., the number of nodes). Yet, the basic engineering/evolutionary principles underlying most
networks strongly suggest that not all networks consistent with the observations are equally likely. In particular, nodes that often co-occur are probably closer than nodes that rarely co-occur. This rationale suggests modeling co-occurrence observations as independent realizations of a Markovian random walk on the network, subjected to a random permutation to account for the lack of order information. Treating permutations as missing data, allows deriving
an expectation-–maximization (EM) algorithm for estimating the random walk parameters. The model and EM algorithm significantly simplify the problem, but the computational complexity of the reconstruction process does grow exponentially in the length of each transmission path. For networks with long paths, the exact E-step may be computationally intractable. We thus propose a polynomial-time Monte Carlo EM algorithm based on importance sampling and derive conditions that
ensure convergence of the algorithm with high probability. Finally, we
report simulations and experiments with Internet measurements and inference of biological networks that demonstrate the promise of this approach.

The work reported in this talk was done in collaboration with Prof.
Michael Rabbat (McGill University, Canada) and Prof. Robert D. Nowak (University of Wisconsin, USA).

--

Bio: Mário A. T. Figueiredo received EE, MSc, PhD, and "Agregado"
degrees in electrical and computer engineering, all from Instituto Superior Técnico (IST), Technical University of Lisbon (TULisbon), Portugal, in 1985, 1990, 1994, and 2004, respectively. Since 1994, he has been with the faculty of the Department of Electrical and Computer
Engineering, IST. He is also area and group coordinator at Instituto de
Telecomunicações, a private not-for-profit research institution. Mário
Figueiredo spent sabbatical leaves at the Department of Computer Science
and Engineering, Michigan State University, and the Department
of Electrical and Computer Engineering, University of Wisconsin-Madison,
in 1998 and 2005, respectively. He is a Fellow of the IEEE and of the IAPR (International Association for Pattern Recognition) and a member of the Image, Video, and Multidimensional Signal Processing Technical Committee of the IEEE.

Mário Figueiredo's scientific interests include image processing and analysis, pattern recognition, statistical learning, and optimization. He received the 1995 Portuguese IBM Scientific Prize and the 2008 UTL/Santander-Totta Scientific Prize. He is/was associate editor of the following journals: IEEE Transactions on Image Processing, IEEE Transactions on Pattern Analysis and Machine Intelligence (IEEE-TPAMI), IEEE Transactions on Mobile Computing, Pattern Recognition Letters, and Signal Processing. He is/was guest co-editor of special issues of the IEEE-TPAMI, the IEEE Transactions on Signal Processing, and the IEEE Journal of Selected Topics in Signal Processing. Mário Figueiredo was a co-chair of the 2001 and 2003 Workshops on Energy Minimization Methods in Computer Vision and Pattern Recognition, and has served as a member of organizing/program/technical/scientific committees of many
international conferences, including ICIP, ICASSP, CVPR, ICML,
ICPR, NIPS, IGARSS, MLSP, IJCNN, and others.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Agenda: 12 anos da atribuição do Prémio Nobel a José Saramago e 62 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos



A 10 de Dezembro de 1948, a Assembleia Geral das Nações Unidas ratificou a Declaração Universal dos Direitos Humanos, documento que pela primeira vez passou a proteger universalmente direitos humanos fundamentais, como aquele que se lê no seu artigo 5º: “Ninguém será submetido a tortura nem a penas ou tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes.

A 10 de Dezembro de 1998, exactamente meio século após a assinatura da Declaração Universal dos Direitos Humanos, a Academia Sueca atribuiu a José Saramago (1922-2010) o Prémio Nobel da Literatura. No discurso proferido no palácio real de Estocolmo, o escritor lembrou a efeméride com o senso crítico que lhe era característico: “Nestes cinquenta anos não parece que os Governos tenham feito pelos direitos humanos tudo aquilo a que, moralmente, quando não por força da lei, estavam obrigados. As injustiças multiplicam-se no mundo, as desigualdades agravam-se, a ignorância cresce, a miséria alastra. A mesma esquizofrénica humanidade que é capaz de enviar instrumentos a um planeta para estudar a composição das suas rochas, assiste indiferente à morte de milhões de pessoas pela fome. Chega-se mais facilmente a Marte neste tempo do que ao nosso próprio semelhante.

Mantendo vivo o espírito das citações acima destacadas, a Fundação José Saramago realiza na próxima sexta-feira, dia 10 de Dezembro, no Palácio Galveias, em Lisboa, uma sessão comemorativa dos 12 anos da atribuição do Prémio Nobel de Literatura ao escritor português e dos 62 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Mais informação, aqui.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

E a menção honrosa vai para...



Na cerimónia da entrega dos prémios que distinguem as entidades que durante 2010 se destacaram nas áreas das novas tecnologias e da ciência, a revista Exame Informática atribuiu ao FLiP 8 uma menção honrosa na categoria software.

O FLiP 8 é a última versão do pacote de ferramentas linguísticas da Priberam. Das principais características e funcionalidades, descritas na página do produto, destacam-se a inclusão do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, que passa a poder ser consultado sem ligação à Internet, a compatibilidade com o OpenOffice.org e a inclusão de léxicos suplementares para as variedades do português de Angola, Cabo Verde, Galiza, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

O FLiP 8 pode ser adquirido nas lojas Worten e Vobis e também nas lojas on-line Sector Zero e Wook (nestas duas últimas, para além da compra do CD, o FLiP 8 também pode ser comprado apenas por download).

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Priberam Machine Learning Lunch Seminars





Priberam Machine Learning Lunch Seminar
Speaker: Gopala Anumanchipalli (INESC-ID, LTI)
Venue: IST Alameda, Sala PA2 (Edifício de Pós-Graduação)
Date: Tuesday, November 30th, 2010
Time: 13:00
Lunch will be provided

Title: An Iterative, Constrained Approach for Pitch Component Extraction

Abstract: In this talk I will describe an approach for automatic extraction of global and local patterns of pitch(F0) contours taking into account the overall trends of these phenomena in the presented data. We propose an iterative algorithm to optimally extract these components to minimize the reconstruction error of the F0 contour. Furthermore, we present a constraint specification strategy to incorporate known constraints on these phenomena to converge on better realizations of the components (like the Phrase and Accent commands of the physiologically motivated Fujisaki Model of F0). The extracted components are shown to be correlated to established theoritical notions of declination, metrical feet and accent tones.

--

Bio: Gopala is a PhD student in the LTI, Carnegie Mellon University and INESC-ID Lisboa, IST. He is advised by Dr. Alan W Black and Dr. Luis Oliveira. He is currently at INESC-ID. He is interested broadly in everything to do with language, but specifically works on building models and transformation approaches for prosody in Speech synthesis. He is working in the PT-Star project aiming to do Speech-to-Speech machine translation of video lectures.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

"Ganho menos logo trabalho menos"

Enquanto se discutia o projecto de Orçamento de Estado para 2011, onde se prevêem reduções salariais para a função pública e para o sector empresarial do Estado, foi divulgado nos meios de comunicação social e colocado na Internet um despacho de um Magistrado a adiar uma audiência de discussão e julgamento em razão dessa provável diminuição da retribuição.
O princípio subjacente é “ganho menos logo trabalho menos!”.
Ora, este princípio levanta muitas questões, designadamente se tal conduta é extensível aos restantes agentes da justiça, uma vez que esta redução de salários vai ter necessariamente consequências em todos os sectores da economia, quer directa quer indirectamente. Assim, pergunta-se que despacho seria proferido caso fosse apresentada uma contestação ou rol de testemunhas, por exemplo, fora de prazo com o argumento: “ganho menos logo trabalho menos”?!
O que acontece é que todos aqueles que vão ter os seus ordenados reduzidos terão os meios legais adequados para repor o direito e a justiça. Espera-se, contudo, que a decisão a proferir não seja adiada por aplicação deste “novo princípio processual”: “ganho menos logo trabalho menos.”!!!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Pela língua portuguesa

É possível gostar da língua portuguesa de muitas maneiras: uns gostam dela sem erros ortográficos ou sem pontapés na gramática, sem palavrões, sem estrangeirismos, sem sexismos; outros, sem variedades geográficas, sociais ou temporais e outros ainda sem o acordo ortográfico de 1990. Até há quem goste dela sem acordo de 1945, pelo menos em Portugal. Para todos os “sem” anteriores, há também quem goste dela com os correspondentes “com”: com erros ortográficos, com pontapés na gramática, com palavrões, com estrangeirismos, etc. Na Priberam, gostamos dela, ponto final. É por essa razão que o nosso trabalho contribui para a sua difusão, através dos nossos produtos e serviços linguísticos, o mais conhecido dos quais é o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (DPLP).

Fruto dos tempos contestatários e reivindicativos que se vivem (ou talvez não...), agora há também quem goste da língua portuguesa através da causa “Por uma Língua Portuguesa sem publicidade”. Não é o nosso caso. Porquê? Porque esta é uma causa que tem de se colocar em causa, já que confunde muitas coisas, confundindo nomeadamente a língua portuguesa com dicionários de língua, a julgar pelos seguintes comentários, da autoria de João Filipe Ferreira: “A língua Portuguesa não é do Priberam, é do povo Português! O portal da priberam não se tornou num dicionário, tornou-se num portal semítico-financeiro sem o propósito primordial de revelar o significado da palavra. Cinjamo-nos ao verbete! Por uma Língua Portuguesa Livre de Publicidade e de adereços prescindíveis!” [citação retirada em 24-11-2010].

Para que não haja dúvidas, uma língua é uma língua, um dicionário é um dicionário. Quanto à língua portuguesa, ela é dos seus falantes, tenham eles a nacionalidade que tiverem. Como é óbvio, a Priberam nunca a reclamou como sua, mas reclama seu o investimento que tem feito no DPLP, que não é um dicionário qualquer.

Como é referido na secção "Sobre o dicionário", o DPLP é a plataforma lexicográfica online da Priberam, lançada em 2009, após aquisição, em 2008, dos direitos do Novo Dicionário Lello da Língua Portuguesa (Porto, Lello Editores, 1996 e 1999), também conhecido apenas por Lello. O Lello foi o ponto de partida mas já não pode ser comparado ao DPLP, pois a Priberam fez a adaptação a um formato electrónico, a actualização da estrutura e conteúdo do dicionário e o enriquecimento com outro tipo de informação linguística. O DPLP disponibiliza, para além dos blocos de anúncios, a palavra e a dúvida do dia em destaque, o acesso rápido a vários tipos de pesquisas (com e sem o novo acordo ortográfico), a definições, a sinónimos e antónimos gerais e por acepção, a exemplos de uso (através de exemplos explícitos no texto do verbete ou de ocorrências reais no Twitter), a remissões para dúvidas linguísticas, à conjugação verbal, aos auxiliares de tradução. Tudo isso, sem qualquer custo para os consulentes, mas, sublinhe-se, com custos para a Priberam.

A causa “Por uma Língua Portuguesa sem publicidade” insurge-se contra o espaço ocupado pela publicidade na página do DPLP mas, apesar do que possa parecer, a publicidade do DPLP não paga as despesas que a Priberam tem com a sua manutenção, nomeadamente os custos com recursos humanos, servidores, software, conectividade, actualizações contínuas do conteúdo, respostas a dúvidas, etc. Talvez não fosse má ideia lançar uma causa para mais pessoas consultarem o DPLP para que a Priberam possa mantê-lo gratuito e com o nível de serviço e actualização que actualmente disponibiliza. Relembramos que a Priberam é uma empresa privada que não depende de subsídios ou subvenções nem tem verbas inscritas em orçamentos de Estado.

Por fim, ficam aqui algumas sugestões de outras causas, quiçá mais prementes:
- pela disponibilização gratuita e online das obras lexicográficas da Academia das Ciências de Lisboa, instituição pública e com funções estatutárias de defesa da língua portuguesa;
- pela edição de um vocabulário comum autorizado, tal como previsto pelo acordo ortográfico de 1990;
- pelo combate à iliteracia;
- pelo incentivo à prática regular da leitura;
- pela melhoria da qualidade e das condições de ensino da língua portuguesa nas escolas e nas universidades.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Também há quem lhe chame... #2

Há quem lhe chame muita coisa, mas "mera virilidade verbal"? E se tivesse sido uma mulher a dizê-lo? Leia-se a notícia “Quando a ofensa a um chefe dá que fazer aos tribunais” do jornal iOnline de 18-11-2010:


«A palavra caralho, dita no meio de uma discussão, pode dar que fazer a um juiz. Tanto que uma conversa entre dois militares da GNR - um cabo e o seu comandante - andou 14 meses em análise, primeiro por um juiz de instrução e depois no Tribunal da Relação de Lisboa. Todos os magistrados estiveram de acordo: o termo pode ser "ético-socialmente deselegante", mas não justifica "reprovação penal militar". Está dentro do que o juiz relator Calheiros da Gama designa por "linguagem de caserna", trocada num âmbito restrito e em sinal de "mera virilidade verbal".
[...]
Para a decisão contou a forma como os dois militares em causa continuam a relacionar-se, não tendo valorizado o incidente já ultrapassado. E contou também o contexto e a expressão exacta utilizada. Socorrendo-se dos dicionários da Priberam e da Porto Editora, o juiz relator sublinha que "dizer para alguém ''vai para o caralho'' é bem diferente de afirmar perante alguém e num quadro de contrariedade ''ai o caralho'' ou simplesmente ''caralho'', como parece ter sucedido na situação em apreço". No primeiro caso a expressão será ofensiva, enquanto no segundo será sinal de espanto, impaciência, irritação ou indignação.»


O texto do acórdão de que fala a notícia acima está disponível aqui. Não se aconselha a sua leitura a pessoas sensíveis ao jargão jurídico, à linguagem obscena ou à combinação explosiva dos dois.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Agenda: II Congresso Internacional Fernando Pessoa



A Casa Fernando Pessoa realiza na próxima semana, de 23 a 25 de Novembro, no Teatro Aberto, em Lisboa, o II Congresso Internacional Fernando Pessoa. O evento visa o diálogo entre estudiosos da obra do autor e criadores (cineastas, músicos, poetas, pintores) que nela se inspiram.

Mais informações sobre o programa e as inscrições, aqui.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Novo sítio do Observatório da Língua Portuguesa


Foi hoje apresentado, na Fundação Cidade de Lisboa, o novo sítio da Internet do Observatório da Língua Portuguesa, associação sem fins lucrativos que tem por objectivo contribuir para o conhecimento, divulgação e promoção do idioma português no mundo.

O novo sítio (http://www.observatorio-lp.sapo.pt/pt) pretende reunir numa mesma plataforma informações e ferramentas sobre a língua portuguesa. Algumas dessas ferramentas incluem recursos linguísticos desenvolvidos pela Priberam e disponibilizados de forma gratuita online.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Priberam Machine Learning Lunch Seminars



Priberam Machine Learning Lunch Seminar
Speaker: Rui Guerreiro (ISR)
Venue: IST Alameda, Sala PA2 (Edifício de Pós-Graduação)
Date: Tuesday, November 16nd, 2010
Time: 13:00
Lunch will be provided

Title: "Learning simple texture discrimination filters"

Abstract:

Everyday tasks like walking on the street, recognizing a friend or understanding a scene seem so simple and immediate that transposing it to a computer might seem like an easy task. Only when we try it do we realize our immense talent, as humans, in making sense of the data that reaches our senses. In this talk I illustrate some of these difficulties and particularize for the context of texture discrimination. I introduce a simple supervised learning approach (using Genetic Algorithms) that enables high-frame rate texture discrimination and compare it with current state-of-the-art methods. I further particularize the general methodology to rotationally discriminant and rotationally invariant discrimination. I conclude with experimental results, which illustrate that it is successful in capturing the essence of the texture discrimination problem.
--
Bio: Rui Guerreiro received his licenciatura (2002) and MSc (2003) degrees from Instituto Superior Técnico (IST), Portugal, in Electrical & Electronical Engineering, the latter on the topic of 2D-to-3D conversion using Structure from Motion. In 2003, he joined Siemens S.A. in Lisbon where he worked in high-speed circuit design for communication systems.

In 2005, he joined the Video Processing Group of Philips Research, Eindhoven, The Netherlands, where he worked on picture enhancement topics (motion estimation, halo-free frame-rate up-conversion, multi-band enhancement, temporal compression artifact suppression, spatial color processing, color therapy), 2D-to-3D conversion for 3D-TVs (scene classification, depth-from-focus, motion-based segmentation) and supervised student work on low-cost gaze tracking. In 2009, he started a PhD at IST, on perception-based 2D-to-3D conversion. He has 4 patents and 9 peer-reviewed publications on these topics.

sábado, 6 de novembro de 2010

Lusofonia é...

... descobrir, via Twitter, as várias opiniões dos utilizadores do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. As opiniões favoráveis:

E as opiniões menos favoráveis também:

Sabendo que todas elas contribuem, de uma forma ou de outra, para o melhoramento do dicionário. Nem que seja por fazerem sorrir os lexicógrafos que nele trabalham:

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Agenda: EXPOLINGUA PORTUGAL – 20.º Salão Português de Línguas e Culturas

Realiza-se entre 3 e 5 de Novembro, no Centro de Congressos de Lisboa (antiga FIL), a EXPOLINGUA 2010, 20.º salão português de línguas e culturas. O evento visa promover a língua e cultura portuguesas no mundo e divulgar as línguas e culturas estrangeiras em Portugal. A edição deste ano tem como convidado de honra a União Europeia e dá especial destaque à diversidade linguística e cultural da Europa.

As actividades da EXPOLINGUA decorrem no salão de expositores, que reúne agentes do ensino e aprendizagem de línguas, e nas salas dos eventos paralelos (conferências, debates, workshops) do programa cultural. A entrada é gratuita.

Priberam Machine Learning Lunch Seminars




Priberam Machine Learning Lunch Seminar
Speaker: Andras Hartmann (INESC-ID)
Venue: IST Alameda, Sala PA2 (Edifício de Pós-Graduação)
Date: Tuesday, November 2nd, 2010
Time: 13:00
Lunch will be provided

Title: "Mind The Gap: Reconstruction of missing cardiovascular signals using adaptive filtering"

Abstract:

In this talk I will introduce a robust method for filling in short missing segments in multiparameter Intensive Care Unit cardiovascular data. This work was inspired by the ``PhysioNet/Computing in Cardiology Challenge 2010: Mind the Gap''.
The interconnections between the signals were identified in the form of composite IIR transfer functions using the signals' history. A genetic algorithm was applied for inferring the filter coefficients. Assuming that the connections do not vary in time, we managed to reconstruct the missing signals using the yet available parallel measured signals and the transfer functions.
The results are promising, as this method achieved the 5th place among 53 participants of the challenge. We concluded that this approach can be efficient in reconstructing and even detecting missing or corrupted cardiovascular signals or other type of datasets with several modalities and strong interconnections between them.

--

Bio: András Hartmann received his MSc degree from Budapest University of Technology and Economics in Information Systems and Computational Engineering with specialization in software design in 2005. In 2008 he gained his MSc, this time in Biomedical Engineering in a joint program of Semmelweis Medical University and Budapest University of Technology and Economics. Since July 2009 he is a member of the INESC-ID KDBIO Group, working on the project DynaMo - Dynamical modeling, control and optimization of metabolic networks.
He is interested in modeling complex biological and physiological systems, in particular: identification and dynamic modeling of metabolic networks; spatial and temporal connectivity in human brain; and dynamic modeling of cardiovascular system.

sábado, 30 de outubro de 2010

Biblioteca particular de Fernando Pessoa online



A partir deste mês, é possível aceder gratuitamente e online à biblioteca particular de Fernando Pessoa. Os mais de 1000 livros que compõem a biblioteca multilingue do poeta, reunida entre 1898 e 1935, foram digitalizados e podem agora ser consultados, página a página, na biblioteca digital Fernando Pessoa.

Nas palavras da escritora Inês Pedrosa, actual directora da Casa Fernando Pessoa:
«Entendemos que uma biblioteca desta importância devia tornar-se património da humanidade – e não apenas dos que podem deslocar-se a esta Casa onde Fernando Pessoa viveu os últimos quinze anos da sua vida.
[...]
Procurámos tornar acessível e simples a compreensão da biblioteca no seu todo – que está classificada por categorias temáticas – e a consulta de cada livro. Destacámos páginas que incluem manuscritos do próprio Pessoa – ensaios e poemas escritos nas páginas de guarda dos livros.
Trata-se de uma biblioteca aberta ao infinito da interpretação – bela, surpreendente e instigante, como tudo o que Fernando Pessoa criou. Usufruam-na.
»

O processo de digitalização foi levado a cabo por uma equipa internacional de investigadores, no âmbito de uma colaboração entre a Casa Fernando Pessoa e o Centro de Linguística da Universidade de Lisboa.

Para além do acesso aos livros, disponíveis na íntegra em formato PDF e JPG, a biblioteca digital de Fernando Pessoa disponibiliza informação sobre a constituição da biblioteca, sobre as anotações feitas pelo próprio Pessoa, sobre as dedicatórias constantes de alguns volumes ou sobre outros estudos feitos sobre a biblioteca do autor.

A Casa Fernando Pessoa disponibiliza também online a obra poética de Fernando Pessoa e dos seus principais heterónimos, Álvaro de Campos, Ricardo Reis, Alberto Caeiro e Bernardo Soares, aqui.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Priberam Machine Learning Lunch Seminars, o regresso



Depois do sucesso da primeira série de seminários sobre aprendizagem automática (machine learning), propostos pelo investigador André Martins e patrocinados pela Priberam, é já na próxima terça-feira, dia 2 de Novembro, que começa a segunda temporada.

Os seminários decorrem quinzenalmente à terça-feira, às 13h, no campus da Alameda do Instituto Superior Técnico (edifício de pós-graduação, sala PA2), são gratuitos e abertos a todos os que queiram participar (não é necessária inscrição). Mais informação, aqui.

Os interessados podem subscrever a lista de contactos enviando um email para seminarios-mlpb-request@freelists.org com “subscribe” no campo 'Assunto' ou visitando a página da lista em http://www.freelists.org/list/seminarios-mlpb. A discussão relativa à organização dos seminários e calendário das apresentações terá lugar na lista. Todas as sugestões são bem-vindas!

E porque estes seminários também são conhecidos pela qualidade da comida grátis servida aos participantes, aqui fica o menu para a próxima terça-feira:

- panini vegetariano ou focaccia de frango fumado
- mascarpone com framboesa
- sumo natural

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Agenda: Seminário de homenagem a Henrique de Senna Fernandes (1923-2010)

O CETAPS (Centre for English, Translation and Anglo-Portuguese Studies) organiza amanhã, dia 29 de Outubro, a partir das 14h30, na Casa de Macau de Lisboa, um seminário de homenagem a Henrique de Senna Fernandes, falecido este mês. Mais informação sobre o programa aqui.

O escritor e advogado macaense Henrique de Senna Fernandes foi autor de obras como Nam Van, A Trança Feiticeira e Amor e Dedinhos de Pé, tendo estas duas últimas sido adaptadas ao cinema pelas mãos dos realizadores Cai Yuan-Yuan e Luís Filipe Rocha.

Henrique de Senna Fernandes exercia advocacia, mas sempre afirmou serem a escrita e o ensino as suas verdadeiras vocações. Depois da passagem da administração do território macaense para a China, em 1999, decidiu continuar a residir em Macau, onde faleceu no dia 4 deste mês.

Nas suas obras, Senna Fernandes, além do valor literário, deixa aos lexicógrafos abonações para o léxico do português de Macau, algumas delas presentes no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001).

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Novidades LegiX

O LegiX tem acompanhado ao longo dos tempos as necessidades mais prementes dos profissionais do Direito, concorrendo com os mais variados desafios na área do acesso à informação jurídica, bem como das novas tecnologias.
No cumprimento fiel desse compromisso vão ser apresentados os novos conteúdos e as novas funcionalidades do LegiX.
A apresentação decorre amanhã, dia 27 de Outubro, pelas 10h30, no Hotel da Lapa.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

FLiP na imprensa

A edição de Novembro da revista Exame Informática testou as novas ferramentas ortográficas do Office 2010 em português e comparou com as do FLiP. Eis o resultado:

«A versão do Office 2010 em português abandona as ferramentas de revisão ortográficas do Flip [sic], da portuguesa Priberam, e adota uma própria da Microsoft - mas a Priberam continua a ser responsável pelo corretor sintático integrado. Com a entrada em vigor do Novo Acordo Ortográfico, o português europeu tem alterações. Isto porque há palavras que causam algumas dúvidas à ferramenta da Microsoft. Por exemplo, palavras como “electrónico” são aceites, quando a nova forma correta é eletrónico. E, ao contrário do que acontece quando se trabalha com o Flip [sic], a correção não é feita automaticamente [destacado nosso]. Também há palavras que não são reconhecidas. Por exemplo, “georreferenciação” ou “mangueirada”. E outras que estão incorretas e são aceites. Por exemplo, “água-ardente” (devia ser “aguardente”). Por isso, a alteração da Microsoft para o seu software próprio ainda não é uma aposta ganha. Talvez uma próxima atualização ao Office traga estas alterações. Até lá, se o seu negócio depende de escrever bem o português pós-acordo ortográfico, aconselhamo-lo a investir numa ferramenta melhor [destacado nosso].»

In Exame Informática, nº185, Novembro 2010, p. 62

Agenda: “Língua portuguesa e culturas lusófonas num universo globalizado”

Decorre nos próximos dias 25 e 26 de Outubro, na Fundação Calouste Gulbenkian, o colóquio internacional "Língua portuguesa e culturas lusófonas num universo globalizado".

A União Latina e a Fundação Calouste Gulbenkian organizam este encontro para reflectir sobre o lugar da língua portuguesa no mundo, sobre o seu valor económico e sobre o uso da Internet e das novas tecnologias como forma de divulgação da língua.

De acordo com a informação divulgada pela União Latina, “este colóquio será um fórum de reflexão e de propostas concretas, e abordará os temas que permitam salientar os valores da lusofonia, identificando os pontos fracos a superar, e metas a alcançar. O colóquio contará com personalidades e instituições nacionais e internacionais, decisores políticos e económicos, universitários, editores, criadores e profissionais da comunicação social.”

A inscrição é gratuita e pode ser feita até dia 22 de Outubro.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Lusofonia é...

... ficar sem palavras quando se descobre que, nas últimas 3 horas, foram estes os comentários feitos, no Twitter, sobre a Priberam:

(imagem captada em 20-10-2010)

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Aníbal Pinto de Castro (1938-2010)

Faleceu, no passado dia 8 de Outubro, o catedrático Aníbal Pinto de Castro (1938-2010). Professor jubilado da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, investigador em literatura portuguesa (com vasta obra publicada sobre Padre António Vieira ou Luís de Camões, por exemplo) e sócio efectivo da Academia das Ciências de Lisboa (ACL), Aníbal Pinto de Castro era ainda supervisor científico da equipa que preparava a nova edição do vocabulário da Academia das Ciências de Lisboa.

Esta notícia é divulgada também na página de entrada do site da ACL. O texto da ACL avança, porém, uma informação que carece de comprovação, nomeadamente que o “novo Vocabulário da Língua Portuguesa” foi “publicado em 2009 pela Academia das Ciências de Lisboa”:


(imagem captada em 18-10-2010)
Até à data, são desconhecidas as datas de conclusão e de publicação do vocabulário da ACL.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Lusofonia é...

... descobrir na nuvem das palavras mais pesquisadas do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa algumas das que foram usadas no primeiro debate da segunda volta para as eleições presidenciais brasileiras:

(imagem captada em 11-10-2010)

Lusofonia é também descobrir, via Twitter, que tantos outros descobriram o mesmo:

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Primeiro estranha-se, depois entranha-se

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa tem uma funcionalidade que permite ver o uso de cada palavra no Twitter. Na semana passada, houve uma palavra do dia que foi claramente a estrela maior do nosso firmamento lexical, a julgar pelo número de comentários sobre ela:


O estranhamento inicial foi sincero:

Logo seguido de entusiasmado entranhamento:

Do entranhamento à reflexão e à invenção foi um pequeno passo:


Será caso para dizer que primeiro estranha-se mas come-se e que depois entranha-se e descome-se?

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Prolfaças atrasadas

A Priberam aniversariou no dia 25 de Setembro. Virámos mais um ano e já temos 21! Maiores e vacinados já éramos, mas agora entrámos definitivamente na idade adulta.
Parabéns a nós e parabéns a vocês!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

A Priberam já aplica o novo acordo ortográfico?

Nos seus produtos linguísticos, entre os quais se inclui o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa e o pacote de ferramentas FLiP, a Priberam permite aos utilizadores escolher entre a grafia anterior e a grafia posterior ao Acordo Ortográfico de 1990 (AO).

Nas suas publicações, porém, a Priberam ainda não aplica o AO.

Em primeiro lugar, porque só em 17 de Setembro de 2010 se esclareceu oficialmente qual a data exacta da entrada em vigor do AO em Portugal. Com efeito, só na passada semana foi publicado em Diário da República o aviso legal que informa que a data oficial de entrada em vigor do AO em Portugal é 13 de Maio de 2009.

Em segundo lugar, porque a lei prevê um período de transição de seis anos, durante o qual os utilizadores da língua são livres de usar a ortografia anterior ou posterior ao AO. A título de exemplo, note-se que o Diário da República, o jornal oficial da República Portuguesa, ainda não aplica o AO e que, a nível escolar, estão também por definir prazos e orientações. A tendência, no entanto, segundo o art.º 2º da resolução da Assembleia da República n.º 35/2008, de 16 de Maio de 2008, é para que ao longo desse período, em Portugal, "[...] a ortografia constante de novos actos, normas, orientações, documentos ou de bens referidos no número anterior ou que venham a ser objecto de revisão, reedição, reimpressão ou de qualquer outra forma de modificação, independentemente do seu suporte, deve conformar-se às disposições do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa".

Para obter mais informações acerca da aplicação do AO em Portugal, pode ser consultada a secção Perguntas frequentes.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Entrada em vigor do Acordo Ortográfico de 1990 em Portugal: a data que faltava

Versão curta: 13 de Maio de 2009.

Versão não tão curta: Em 2008, Portugal ratificou o Acordo do Segundo Protocolo Modificativo ao Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, desempoeirando assim o tema do Acordo Ortográfico (AO) na imprensa e na opinião pública. Nessa altura, a Priberam explicou aqui que, sendo o AO uma convenção internacional, a sua publicação e a dos respectivos avisos de ratificação é obrigatória no Diário da República. A falta de publicação desta informação no jornal oficial da República Portuguesa pode implicar ineficácia jurídica.
Com ajuda do LegiX, as bases de dados jurídicas desenvolvidas pela Priberam, procurou-se, em vão, o Diário da República que contivesse os avisos de publicação referentes ao depósito das ratificações do Brasil (2004), de Cabo Verde (2006) e de São Tomé e Príncipe (2006). Na ausência desta informação, não havia como saber qual a data clara de entrada em vigor do AO. Questionado então pela Priberam sobre este assunto, o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) não se pronunciou. Até hoje. Passados dois anos, eis que a resposta chega através do aviso n.º 255/2010 do MNE, publicado em 17 de Setembro de 2010 no Diário da República n.º182, I Série, pág. 4116, que torna público que “O depósito do respectivo instrumento de ratificação foi efectuado em 13 de Maio 2009, tendo o referido Acordo entrado em vigor para Portugal nesta data.”

Versão pedagógica: A data de 13 de Maio de 2009 é importante porque só agora foram delimitados os prazos oficiais para efectiva aplicação do AO (isto é, o AO já estava em vigor desde 13 de Maio de 2009, mas só agora isso é oficialmente publicado). É a partir desta data (13 de Maio de 2009) que começa a ser contado em Portugal o período de transição de 6 anos previsto por lei, o que significa que 2015 é o prazo limite para a adopção oficial da nova ortografia. A nível escolar estão ainda por definir prazos e orientações oficiais.

Versão longa e em aberto: Era uma vez um acordo ortográfico da língua portuguesa, vários académicos, uns quantos políticos, muitas opiniões, polémica e burocracia. Um dia [continua, embora não se saiba bem como]...

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Francisco Ribeiro (1965-2010)



Olha a estrela de Alba
Chama da manhã

Ó manhã, o teu abraço
Oxalá
Me não apague
A paixão da minha alma

Ó paixão
Nem a manhã
Apaga a luz que tem a chama do teu belo olhar

Madredeus, “Pregão”, O Espírito da Paz, 1994

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Será que o atraso na divulgação do acórdão do processo Casa Pia podia ter sido evitado?

Segundo notícia publicada no site do semanário Expresso, o atraso na divulgação pública do acórdão do processo Casa Pia, previsto para hoje na página da Internet do Conselho Superior da Magistratura, deve-se à necessidade de proteger a identidade dos envolvidos.

Escrutinar milhares de páginas de texto legal em busca de possíveis elementos identificativos para a sua consequente eliminação é tarefa difícil e morosa. Mas não tem de ser. Existe um programa informático que permite a detecção e substituição automática deste tipo de dados.

Desenvolvido pela Priberam e utilizado pelo Supremo Tribunal de Justiça desde 2006 para tratar os acórdãos publicados no site da DGSI, o IncogniX detecta de forma automática nomes de pessoas e empresas, moradas, datas de nascimento, matrículas de veículos e outros dados passíveis de identificar os intervenientes, substituindo-os por etiquetas anónimas.

Para além do apoio à edição das decisões jurisprudenciais, o IncogniX tem também aplicação em relatórios médicos, possibilitando o seu tratamento automático para fins académicos, de investigação ou outros, garantindo a salvaguarda da identidade dos pacientes.

A capacidade de detectar de forma automática todos os dados pessoais num documento, permitindo a sua rápida substituição, é uma forma de evitar possíveis erros.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Fazer das suas

É Verão. Tem estado muito calor. E parece que o calor fez das suas na anterior redacção do verbete traçador:


O mesmo calor que, a julgar pela indicação do plural do verbete chope, provoca alucinações em lexicógrafos desejosos de férias:

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Férias judiciais

Iniciaram-se no dia 1 de Agosto as férias judiciais ou ter-se-ão iniciado a 15 de Julho? Eis a questão!
Em 2005 o Governo anunciou a grande reforma na justiça, ou seja, a redução do período das férias judiciais, como medida imprescindível à celeridade da Justiça. Porém, volvidos 5 anos, a realidade veio demonstrar que esta medida se revelou infrutífera, até porque o período de 15 de Julho a 15 de Setembro não era um período de férias efectivo na verdadeira acepção da palavra.
Em 15 de Abril deste ano o Governo aprovou o Decreto-Lei nº 35/2010, que alterou novamente a lei, no sentido de suspender os prazos judiciais no período compreendido entre 15 e 31 de Julho, atribuindo os mesmos efeitos legais que se aplicam às férias judiciais.
Presentemente já se fala de novo em alterar os normativos processuais, no sentido de deixar as subtilezas legais de lado e o período compreendido entre 15 de Julho e 31 de Agosto ser mesmo de férias judiciais.
Está difícil de encontrar a solução!...
Porém, com estas voltas e meias voltas fica claro que a tão falada morosidade da justiça não se deve definitivamente às férias judiciais.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Passatempo Priberam no Facebook

Para comemorar o primeiro milhar de fãs da Priberam no Facebook e o lançamento do FLiP 8 no dia 29 de Julho, lançamos um passatempo que habilitará o primeiro classificado a ganhar uma licença do FLiP 8 e o segundo e terceiro classificados a ganhar uma t-shirt do FLiP.

Quem quiser participar, só terá de enviar para o endereço facebook@priberam.pt , até ao dia 8 de Agosto, uma fotografia original, não protegida por direitos alheios, de frases ou expressões em português com erros ortográficos ou sintácticos, tal como exemplificamos com esta fotografia.

No dia 9, colocaremos todas as fotografias recebidas na nossa página do Facebook. Os erros mais votados pelos fãs, isto é, aqueles que obtiverem maior número de cliques na opção “gosto / like”, até ao dia 15 de Agosto, serão os vencedores do passatempo.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

“Intempérie” legislativa

Em 29 de Março foram publicadas as alterações à Lei das Finanças Regionais que tanta polémica e crise política criaram.

Ainda assim, a mesma foi aprovada sob a designação de Lei Orgânica n.º 1/2010, de 29 de Março, que entre outras coisas renumerou e republicou a versão original das Lei das Finanças Regionais, aprovada pela Lei Orgânica n.º 1/2007, de 19 de Fevereiro.

Porém, fruto da devastação sofrida na Madeira em Fevereiro passado, as indicadas alterações aprovadas pela Lei Orgânica n.º 1/2010 foram suspensas, com a consequente reposição da redacção original de vários preceitos legais. Em face disso, podemos encontrar na Lei das Finanças Regionais, em vigor, dois artigos 15.º, dois artigos 19.º, dois artigos 25.º, etc… Se isso não bastasse, ainda temos a particularidade de nos podermos deparar com o facto de a seguir ao artigo 21.º termos o artigo 19.º ou a seguir ao 28.º encontrarmos o artigo 25.º, só para exemplificar.

Imagine-se, pois, como estará a estrutura hierárquica deste diploma... Os profissionais da justiça ou outros interessados na matéria que se cuidem com tal intempérie!!!

O nosso FLiP 8 é veeerde1

A cerimónia de apresentação do FLiP 8 teve lugar hoje na livraria Ler Devagar, em Lisboa, e contou com a presença do Secretário Executivo da CPLP, Eng.º Domingos Simões Pereira, entre outros convidados.

O FLiP 8 é a última versão do pacote de ferramentas linguísticas da Priberam. Das principais características e funcionalidades, descritas na página do produto, destacam-se a inclusão do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, que passa a poder ser consultado sem ligação à Internet, a compatibilidade com o OpenOffice.org e a inclusão de léxicos suplementares para as variedades do português de Angola, Cabo Verde, Galiza, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

O novo FLiP é "veeerde" por fora mas também por dentro: a nova embalagem do FLiP é fabricada com materiais reciclados e com tintas e colas amigas do ambiente. É possível adquirir um FLiP ainda mais "veeerde", por download, sem qualquer suporte físico associado.



O FLiP 8 estará disponível para download, a partir de hoje, e nas lojas, em Agosto, pelo preço de 57,84 € (+ IVA).


1 Título inspirado nesta canção celebrizada por Natália de Andrade:


O nosso amor é veeerde.
Nós somos veeeerdes,
Veeeerdes,
Como são os caaaampos
E as ááárvores
Quando regressa a Primaveeera.
Veerde é tudo quanto é belo!
Tu és veeerde,
Meu amoooor,
Veeeeerdeee!
Veeeeerdeee!
O nosso amor é veeeeerdeee,
Mas não digas a ninguém.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

"O nosso [novo] amor é veeerde"

E vai ser apresentado amanhã, 29 de Julho, pelas 10h30, na livraria Ler Devagar, em Lisboa.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Ainda o Ovo de Colombo

Quem não teve oportunidade de nos ver na TV, quando anunciámos aqui a presença da Priberam no Ovo de Colombo, pode ver-nos agora noutros ecrãs:

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Ovo de Colombo

"Qual é a ideia? Como funciona? Que utilidade tem? São as três perguntas a dar resposta."
in Ovo de Colombo.

O programa Ovo de Colombo, do jornalista Lourenço Medeiros, dedicado à tecnologia e investigação nacionais com vista ao desenvolvimento de novos produtos, mostra hoje um pouco do que faz a Priberam, sobretudo na área do processamento da língua natural.

A não perder, na Sic Notícias, às 20h50, 1h50 e 3h50.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Matilde Rosa Araújo (1921-2010)

"Saber ler na vida - folhear honestamente a vida
Apaixonadamente a vida
Nas arcas da noite, nas arenas do dia:
Risos, lágrimas, serenos rostos aparentes
Como se abríssemos cada dia a verde lima do espanto.
Não passar folhas em branco sem as entender,
Olhar rostos como quem tacteia rugas
Descobrindo planetas de mágoa ou rios de alegria.
A primeira página e o segredo puro dos acabados de gritar o primeiro grito,
iluminada essência do futuro.
E tudo isto
Entre vermes, frutos, flores, rinocerontes, pássaros,
Cães fiéis
Águas e pedras
E o fraterno fogo que acendemos a cada hora,
No espaço branco que é estendermos a nossa mão
Para outra mão apertarmos simplesmente
Mão pela qual corre o sangue como um rio de fogo.
Só temos uns tantos anos para lermos este livro
Debaixo do Sol,
Ou sob o aço da noite
Para este fogo tecer.
Chamarás ciência cultura vida dor espada ou espanto a tudo isto
Ou ilegível monotonia.
Nada. Mas lê."


Matilde Rosa Araújo, in Voz Nua

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Priberam Machine Learning Lunch Seminars




Priberam Machine Learning Lunch Seminar
Speaker: Ricardo Vigário (Aalto University School of Science and Technology, Finland)
Venue: IST Alameda, Sala EA4 (Torre Norte)
Date: Friday, July 2nd, 2010
Time: 13:00
Lunch will be provided

Title: "From elements to networks of neuronal activity – a machine learning approach"

Abstract:

Neuroinformatics “combines neuroscience and the information sciences to develop and apply advanced tools for a major advancement in understanding the structure and function of the brain.” After introducing the speaker’s neuroinformatics research group, we will address issues related to the use and misuse of independent component analysis.
Departing from the traditionally simple evoked response paradigm, into the more natural neurocinematics one, also the neuronal responses are expected to take on rather complex network configurations. We will review two approaches to identify such communication strategies. In a functional magnetic resonance imaging setup, the first one is a hierarchical method, and assumes the existence of basic focal activation areas, which are combined to account for the complex neuronal responses.
Additional information is gathered directly from the stimuli. The second uses phase synchrony as the acting principle for the extraction of communication/control in high temporal resolution data, such as electro- and magnetoencephalograms.

Bio: Ricardo Vigário, D.Sc., is a docent and senior researcher at the Aalto University School of Science and Technology, Finland, where he teaches and leads a research group in Neuroinformatics. He has a basic degree in Applied Physics and a M.Sc. in Biomedical Engineering from the Faculty of Sciences of the University of Lisbon and a D.Sc. (tech) in Computer Science from the Helsinki University of Technology (current Aalto University), from 1992, 1994 and 1999, respectively. He has held a Marie Curie post-doctoral position in GMD – FIRST, Germany; was a visiting lecturer in Graz, Austria and Zaragoza, Spain; and a visiting associate professor in Grenoble, France. He was a pioneer in the independent component analysis of electrophysiological data. His fields of interest include statistical machine learning; the analysis of neuronal responses to natural stimuli; and various communication strategies within the central
nervous system.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

As palavras que o FLiP nunca dirá #2

Mas corrigirá (entre outras, também à vista):


Comentário, no jornal online AngoNotícias, à notícia “Presidente da FNLA pede convivência sã entre seus militantes”, de 14-07-2008, consultada em 01-07-2010.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Acordo na Impre(n)sa

Terminou ontem o processo gradual de adesão das publicações do grupo Impresa ao novo Acordo Ortográfico. Entre outras publicações, as revistas Visão, AutoSport, Exame Informática, Blitz, Caras, Activa, Exame, Surf Portugal e, desde 26 de Junho, o jornal Expresso, respeitam agora as novas regras ortográficas, com a ajuda do FLiP 7, conforme se lê na edição online do jornal:

"Os jornalistas socorrem-se, no computador, do corretor ortográfico Flip7 (da Priberam), que transforma automaticamente a prosa antiga na versão correta. Qualquer saudosismo pré-acordo ou até hábito involuntário é 'sancionado' por este polícia da língua com um sublinhado vermelho no ecrã. Depois os textos passam ainda no crivo final dos copydesks."

Nós preferimos pensar no FLiP, não como um "polícia da língua", mas antes como um guia ou guarda-costas linguístico que nos protege dos ataques imprevistos dos erros.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

O estranho caso da bactéria descrente

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa continha, no verbete vibrião, uma espécie rara de bactéria, como alertou um consulente atento. Após demorada análise microscópica e uma bateria de testes, confirma-se: era gralha (cf. 2ª edição do Novo Dicionário Lello da Língua Portuguesa, Porto: Lello Editores, 1999).

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Sempre a abrir a noite toda, sempre a rock and rollar*

Foi assim a noite de Rock in Law 2010, no passado dia 17 de Junho, na discoteca Gossip, em Lisboa:

Fotografias: João Nogueira

As bandas de advogados em palco surpreenderam novamente pelos seus dotes vocais e musicais mas também pelo repertório, que ia do rock mais pop ao rock, vá, um pouco mais pesadito. Durante o espectáculo foram interpretados êxitos musicais em inglês (dos Muse, Greenday, ou AC/DC, por ex.), em português (de nomes como Doce, José Cid, Da Weasel ou Ornatos Violeta), em espanhol e até em francês (com o tema “Les Cornichons” de Nino Ferrer).

Fosse pela causa solidária, pela música, pela animação ou pela experiência de ver tantos advogados juntos, o público compareceu em maior número do que na edição do Rock in Law 2009. Desta forma se justifica que o montante angariado tenha ascendido aos 41 932 €, quase o dobro do valor do ano passado, a reverter para a construção da Casa Claret, em Setúbal, uma comunidade de inserção para acolher temporariamente pessoas com necessidades de apoio psicológico, económico e social.

“Sempre a abrir a noite toda, sempre a rock and rollar”, há que repetir! E quem sabe se esta letra não se faz ouvir num próximo Rock in Law? Fica aqui a sugestão.

*Mão Morta, “Budapeste”, Mutantes S. 21, 1992

terça-feira, 22 de junho de 2010

A propósito de números

É sabido que Portugal deu ontem 7-0 à Coreia do Norte*. Já a Priberam, mesmo sem cristianos ronaldos, deu mais de 650 000 downloads gratuitos do gadget do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa!

O gadget da Priberam é uma aplicação que permite a consulta rápida do dicionário directamente no Windows ou numa página do Internet Explorer, apenas com um clique. Com mais de 650 000 downloads, o gadget mantém-se assim no 1.º lugar dos seus congéneres em português para o Windows Vista e o Windows 7, estando agora em 79.º lugar dos 8722 gadgets disponíveis em todas as línguas.


* Já agora, que nome dar a uma derrota por 7-0? Heptagoleada, septabada? Aceitam-se sugestões de neologismos.





Priberam.pt
.